Como usar os memes na sua estratégia de marketing de conteúdo?

O brasileiro é conhecido mundialmente por seu senso de humor e criatividade e com a internet a seu favor fica ainda mais fácil manter esse posto. Com o boom das redes sociais, divertir virou uma tática adotada pelas pessoas e também pelas empresas e, nesse contexto, os memes tornaram-se uma importante estratégia de marketing de conteúdo, afinal eles geram empatia, e essa é à base de qualquer comunicação.
memes
Andress Bento

Andress Bento

CEO da PostSpot

A primeira vez que se ouviu falar no termo “meme” foi na década de 1970, com Richard Dawkins em seu livro O Gene Egoísta. O cientista associa os memes aos genes genéticos, pois da mesma forma que eles vão se propagando pelos nossos antepassados até chegar a nós, os memes vão se espalhando e se multiplicando entre as pessoas. Então, sim, “meme” já existia antes do boom da internet! Na web, os memes começaram a circular da forma que conhecemos hoje na década de 1990.

Na prática, os memes nada mais são do que fotos, vídeos, imagens ou frases recriadas ou que ganham novo significado e novo contexto, que se espalham e são compartilhados na internet com a mesma facilidade de um vírus, pelas redes sociais, pelos blogs, etc.

Aqui é importante dizer que nem todo viral é um meme, mas um meme pode se tornar um viral. Achou confuso? Vamos a um exemplo, você se lembra de alguma dessas frases: “Eita Giovana”, “Meu óculo, ninguém sai” “Menos a Luiza, que está no Canadá”? Ou, ainda, #quemnunca viu ou usou a imagem da “Nazaré confusa”? De modo não proposital, rapidamente, elas tomaram conta da internet, invadiram os emails, as redes sociais e até as rodas de conversas. Pois é, todas essas viraram memes, usadas inclusive em campanhas publicitárias.

Quando utilizado estrategicamente por uma empresa, um simples meme tem o poder de conectar pessoas e aproximar a marcas de seus consumidores ou potenciais clientes, por meio de um momento de brincadeira e descontração. Pensando bem, seja em qualquer ocasião, é muito mais fácil se aproximar quando o clima está leve, você não concorda?

Mas, antes de aderir a essa estratégia, é necessário estudar se a sua empresa tem o perfil adequado e utiliza esse tipo de linguagem para se comunicar com seu público-alvo. Se a marca é descontraída, jovem e inovadora, a probabilidade de se beneficiar com os memes é realmente grande.

Quer saber se a sua empresa terá ou não sucesso utilizando memes em sua estratégia de marketing de conteúdo? Confira nossas dicas a seguir.

1. Conheça o perfil da sua marca

Muito provavelmente você já tem o seu público-alvo definido, assim como já foi traçado o seu perfil nas redes sociais e em outros meios de comunicação com seus clientes e potenciais. Avalie como seus consumidores se comportam, por quais notícias eles se interessam, qual meio de comunicação eles mais utilizam.

Com esse estudo, fica mais fácil criar um padrão de comunicação, definir a linguagem a ser utilizada e verificar se a utilização de memes é aderente a essa estratégia. Por exemplo, se a sua marca atua em um segmento mais conservador, como o jurídico, uma linha editorial muito descontraída pode não ser uma boa opção.

2. Avalie o contexto da publicação

A internet pode ser uma grande aliada, mas se usada de forma equivocada será um tiro no pé. Portanto, antes de aderir ou lançar um meme, verifique o contexto da publicação e se a brincadeira está de acordo com os objetivos e o público do sue negócio.

3. Trabalhe no timing certo

Se a ideia é usar memes na sua estratégia, é preciso estar sempre atento às tendências do mercado. Monitore constantemente as hashtags, os trending topics e demais conversas importantes nas redes sociais. Timing é tudo para o sucesso de sua estratégia utilizando memes!

Assim, ao identificar um conteúdo que está sendo viralizado e que se encaixa no seu negócio, adapte a sua estratégia e utilize-o a seu favor, enquanto o assunto ainda estiver quente.

4. Não ultrapasse limites

A brincadeira deve ser divertida e natural, se o público perceber que é algo forçado, seu esforço será em vão. Atente-se para identificar se, ainda que indiretamente, a sua postagem pode ofender alguém.

Ainda, não utilize memes em excesso – sua estratégia de conteúdo não deve ser baseada apenas em memes! Esse excesso pode, no final das contas, enfraquecer a sua marca. Ao invés disso, utilize-os de modo relevante para melhorar o seu conteúdo de forma divertida!

5. Entretenha o seu público

Para que sua estratégia de marketing digital tenha sucesso, é preciso que seu conteúdo, de fato, entretenha a sua persona. Os memes, claro, são uma ótima maneira de se fazer isso e, de quebra, aumentar a popularidade de sua marca.

Sabe-se que as postagens com imagens alcançam melhor desempenho em termos de compartilhamento e engajamento. Então, ao entreter seu público com algo que ele realmente ache engraçado para com que ele se conecte mais com sua marca e que a sua performance online melhore.

6. Atenção para as métricas e para os resultados

Como qualquer outra estratégia, depois de colocada em prática, é preciso saber quais foram os resultados. Como foi o engajamento da sua postagem? Qual foi o número de curtidas e compartilhamentos? Se deu certo, siga nessa linha, se algo deu errado, identifique onde ocorreu a falha. O sucesso ou o fracasso deverão ditar os rumos futuros.

Além de compartilhar os memes que estão em alta, as empresas que pretendem aderir a essa nova linguagem, podem editar as versões já existentes ou, ainda, criar o seu próprio conteúdo de maneira rápida e simples. Para desenvolver algo especial para o seu negócio, conte com a ajuda do site Meme Generator.

Você já participou de algum case de sucesso usando memes? Deixe um comentário explicando os detalhes da sua ação ou conte-nos a sua opinião sobre essa nova estratégia. Até a próxima!

Gostou? Compartilhe e ajude outras pessoas!

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário