Personas: o que são? Onde vivem? Saiba como criá-las!

As personas são elementos fundamentais para qualquer estratégia de marketing digital de sucesso. Mas o que exatamente são elas e como criá-las? Descubra a seguir!
personas
Andress Bento

Andress Bento

CEO da PostSpot

Para que sua empresa tenha sucesso com as estratégias de marketing digital, é preciso saber com quem ela vai conversar e se relacionar. E para ser realmente assertivo não basta apenas segmentar um grupo de pessoas como seu público-alvo, mas sim criar personas para o seu negócio – ou seja, um perfil que represente exatamente quem é o seu cliente ideal.

Diferentemente do público-alvo, que representa um grupo de pessoas com características semelhantes, com base em critérios sociodemográficos e geográficos, a persona é algo mais específico, um perfil semificcional que representa o cliente ideal de uma empresa, levando em considerações todos os critérios do público-alvo, além de hábitos, comportamentos e outras questões. É importante saber que uma persona tem rosto, interesses e necessidades.

Ainda em dúvida sobre o que são, para que servem e como criar suas personas? Descubra tudo a seguir!

Por que criar personas?

Nós já sabemos que para que sua empresa tenha sucesso e se mantenha competitiva no mercado é necessário se adaptar às novas tendências do mercado, e uma das formas de colocar isso em prática é aderir às estratégias do marketing digital.

Nesse cenário, a definição da persona vai direcionar toda a comunicação da empresa para as pessoas que realmente se interessam por seu negócio ou serviço, o que amplifica o potencial de sua estratégia gerar resultados ainda mais positivos.

Como a persona auxilia no desenvolvimento de sua estratégia de marketing digital?

A sua persona é quem vai interagir com os conteúdos que você vai criar. Por isso, ela vai auxiliar em pontos indispensáveis para a sua estratégia. Confira os principais:

  1. Conteúdos e adaptação de linguagem: saber com quem você está falando torna a conversa muito mais fácil. A definição da persona facilita na hora de pensar no tom de voz que vai ser usado, qual é o conteúdo que mais interessa, qual é a melhor forma de falar sobre determinado assunto, qual o melhor formato para se comunicar, etc.
  2. Definição das palavras-chave: conhecer suas personas ajuda a selecionar palavras-chaves adequadas e, assim, torna-se uma das formas de ganhar um bom posicionamento em buscadores como o Google. As palavras-chave também ajudam a criar conteúdos com base nos interesses do seu público, retroalimentando esse processo.
  3. Padronização e periodicidade de email marketing: a persona ajudará a descobrir os principais gostos e qual a disponibilidade dos seus clientes ou potenciais clientes. Assim, fica mais fácil definir quando enviar seus emails, quais chamadas usar, quais assuntos abordar, etc.
  4. Mídia paga: o seu dinheiro só será bem investido se você tiver uma estratégia bem definida e isso inclui a criação da persona. Suas campanhas de mídia paga como links patrocinados no Google AdWords e Facebook Ads serão destinadas às pessoas certas, por meio das características personalizadas. Assim, você não corre o risco de gastar dinheiro à toa.

Como criar uma persona para o meu negócio?

Fábio, engenheiro civil, com 40 anos, sua renda mensal é em torno de R$ 10 mil. Ele gosta de estar sempre atualizado e, por isso, estuda para garantir melhorias para o negócio que trabalha. Entre suas metas podemos destacar: ser referência na sua área de atuação, garantir um emprego fixo e aumentar sua renda. Entre suas dores e desafios estão: encontrar bons cursos de atualização e especificação com preços medianos. Podemos ajudá-lo oferecendo nossa base de cursos acessíveis, destinados a pessoas graduadas.

Essa é uma ideia de persona. Mas como chegar a todas essas informações sobre o seu cliente?

É claro que, para ter sucesso em sua estratégia, sua persona não pode ser baseada em suposições e “achismos”. Para encontrá-la, é preciso muita pesquisa, estudo e conhecimento sobre o seu negócio. Para identificar quem é a persona ideal para sua empresa, você pode entrevistar seus clientes e prospects para ajudar a levantar informações referentes a comportamentos e hábitos, que serão fundamentais na hora da criação das estratégias.

Quanto mais informações relevantes você possuir sobre o seu público, mais completa será sua persona e consequentemente mais assertiva será sua comunicação.

Veja, a seguir, dicas de como definir a sua persona

1. Faça as perguntas certas

Para definir a persona, fazer as perguntas certas é a chave para o sucesso. Confira alguns exemplos:

Informações pessoais:

  • Nome (você poderá usar um fictício depois).
  • Sexo.
  • Idade.
  • Nível de escolaridade.
  • Estado civil.
  • Renda.
  • Nacionalidade.

Trabalho e ramo de atuação:

  • Qual é o seu cargo?
  • Qual é o segmento da sua empresa?
  • Qual é o tamanho da empresa que você trabalha?
  • O que você faz no trabalho?
  • Qual é a sua rotina no trabalho?
  • Quais suas habilidades profissionais?
  • Quais ferramentas utiliza diariamente no trabalho?

Objetivos e metas:

  • Quais são suas responsabilidades diárias?
  • Quais são seus principais objetivos?
  • O que é ser uma pessoa bem-sucedida em sua opinião?

Desafios ou dores:

  • Quais são seus maiores desafios pessoais?
  • Quais são seus maiores desafios no trabalho?
  • Quais problemas você encontra diariamente para atingir seus objetivos?

Conteúdo e atualização:

  • Onde você busca novas informações?
  • Como aprende novas habilidades profissionais e pessoais?
  • Quais e onde estão os principais conteúdos que você consome?
  • Você utiliza redes sociais? Quais? Durante quanto tempo?

Hábitos de compra:

  • Você é fiel a alguma marca? Qual e por quê?
  • Como e onde costuma fazer suas compras?
  • Com qual frequência você realiza compras online?
  • Você costuma pesquisar antes de comprar algo novo?
  • O que você leva em consideração na hora de fazer uma aquisição?

Quanto mais perguntas você fizer, melhor será a representatividade do seu cliente ideal. É importante ressaltar que, além dessas, você pode levantar outras questões, o objetivo é criar o maior número de perguntas que tragam as informações que você precisa para o seu negócio.

2. Depois da entrevista, o próximo passo é analisar os dados

A análise é a melhor forma de encontrar as características comuns entre os clientes. São os pontos semelhantes, aqueles repetidos com mais frequência, que vão indicar que essas pessoas precisam consumir os mesmos conteúdos.

É preciso filtrar quais as respostas são mais importantes para criação da sua persona. Você pode ter mais de uma persona definida, mas vale lembrar de que você terá de trabalhar toda a sua estratégia com base em três clientes.

3. Chegou a hora da estruturação da persona

Agora que você já tem as informações que precisa chegou a hora de estruturar a sua persona. Anote todas as informações que você tem sobre ela. Para facilitar, crie uma história, com nome, idade, profissão e informações sobre o dia a dia dela. Não se esqueça de que sua persona não é apenas informações aleatórias, mas sim um ser humano “de verdade”.

4. Estratégia em prática

Depois de definir todas essas questões, é hora de colocar a estratégia em prática. Use a sua persona para definir todos os conteúdos de seu funil de vendas e ter resultados melhores para sua empresa.

Quer ficar por dentro de mais conteúdos que podem ajudá-lo na estratégia de marketing do seu negócio? Assine nossa newsletter e receba tudo em primeira mão!

Gostou? Compartilhe e ajude outras pessoas!

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário