Como conciliar viagem com a vida freelancer? Confira 6 dicas

A vida de freelancer traz vantagens e desafios. E um deles é conciliar viagem com trabalho. Por isso, confira nossas dicas para que essa combinação dê certo!
freelancer viajando

Ao mesmo tempo em que a vida de um profissional freelancer é cheia de desafios, é também repleta de vantagens – e uma delas é poder conciliar viagem com o trabalho. Mas, se a ideia é botar os pés na estrada, é preciso estar alerta com a situação financeira e com o planejamento de sua rotina de trabalho.

Uma das melhores partes de ser um freelancer é poder escolher quais tarefas você quer ou não realizar e, de acordo com seu escopo, definir quando vai fazê-las. Esse método mais flexível, além de ser uma nova tendência do mercado, faz com que as pessoas procurem cada vez mais trabalhos nesse formato. Essa autonomia é um grande diferencial para quem busca maior qualidade de vida.

No entanto, na hora de viajar, é preciso organizar-se bem. Ao contrário do que algumas pessoas pensam, não é só comprar as passagens, fazer as malas e pegar seu notebook – para conciliar viagem com a rotina de trabalho do freelancer, é preciso outros cuidados, como veremos a seguir.

1. Organize-se financeiramente

Uma viagem requer planejamento, ainda mais se ela não for apenas lazer o tempo inteiro, sendo uma combinação de passeio e trabalho. Assim, antes de pensar no destino e arrumar as malas, organize as finanças antecipadamente.

Dentro das suas aptidões, procure o que está em alta no mercado freelancer e encontre clientes fixos e confiáveis que, provavelmente, no mês seguinte não cancelarão o job. É importante ter uma estimativa dos ganhos futuros para conseguir se sustentar e fazer tudo o que foi planejado.

Ainda, pense na logística de fechamentos das produções e de envio de notas fiscais – se for o caso. Leve tudo o que precisa em sua viagem para que essas atividades não sejam prejudicadas.

2. Para conciliar viagem e vida de freelancer, defina sua rotina de trabalho

Se ao mesmo tempo em que você quer conhecer lugares você também precisa trabalhar, pense nos melhores horários para ambos. Tem gente que produz mais de manhã, outros são mais criativos à noite. Anote todas as demandas e pense em quantas horas você precisa trabalhar por dia para atendê-las. Assim, você não deixa nada para trás.

3. Encontre um local de trabalho adequado

Se você vai fazer essa viagem sozinho, provavelmente, conseguirá realizar o trabalho onde está hospedado. Caso contrário, escolha locais adequados e tranquilos para trabalhar- nesse momento é importante pensar onde você se sente bem e à vontade para produzir. Talvez uma biblioteca, um café, um coworking?

4. Não esqueça da conexão com a internet

Pode parecer um pouco óbvio, mas na correria dos preparativos para a viagem talvez você não se lembre de que para trabalhar é necessário uma boa conexão com a internet.

Muitas vezes isso pode ser resolvido facilmente, por meio de um celular com roteamento de sinal ou um modem USB, por exemplo. Mas o ideal é não contar com a sorte e se planejar para trabalhar em locais que oferecem conexões seguras.

5. Utilize aplicativos que favoreçam um melhor aproveitamento do tempo

Adotar práticas que favoreçam sua produtividade facilita muito a tarefa de conciliar viagem com a rotina de freelancer. E, entre elas, está a utilização de recursos como apps que ajudarão a organizar suas demandas.

Veja dois exemplos de aplicativos bastante úteis:

  • Evernote: funciona como uma espécie de “caderno” ou um grande bloco de notas que você pode acessar a qualquer momento e de qualquer lugar, já que todas as informações são armazenadas na nuvem. É possível salvar fotos, áudio e texto com suas anotações e ideias; nada se perde.
  • Offtime: por meio do Offtime, você poderá bloquear aqueles apps e as redes sociais que mostram notificações a todo o momento, prejudicando sua concentração e sua produtividade.

6. Lembre-se de relaxar!

Não esqueça do propósito que lhe fez embarcar nessa viagem: curtir! Além do trabalho, você merece um tempo de folga para explorar o local, conhecer pessoas e, inclusive, ter novas percepções e vivências que poderão ajudá-lo a desenvolver um trabalho ainda melhor e com mais produtividade. Portanto, lembre-se de que o objetivo aqui é conciliar viagem, diversão e trabalho – organize-se para que nada importante fique de fora dessa equação!

E então, pronto para conciliar viagem e trabalho?

COMPARTILHE O ARTIGO
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nosso site, plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a PostSpot a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.